Posts tagged ‘fotografia’

Um chamado aberto

chamado-aberto
Pois bem, quando surgiu o grupo Lente Aberta no Flickr, o Rics deu a ideia de começar a fazer pequenos concursos de fotografia entre todos os leitores do blog e também participantes do grupo.
Como vocês podem perceber lá no post do fórum, eu não sou muito fã de concursos desse tipo (além de que não consegui nenhum patrocínio para ter premiações legais).
Mas eu quero deixar uma citação extraída daquele post aqui no blog, pro pessoal pensar a respeito:

Acho que seria uma ótima oportunidade de colocar o grupo pra se mecher (sic) e realmente transformar este espaço num lugar de aprendizado, evolução e troca de experiências muito produtiva pra todos nós.

E de fato, quando eu abri o grupo lá no Flickr, eu já estava pensando em usar a ferramenta de alguma forma a aumentar não só o meu lado (em termos de pageviews e assinantes do blog, membros no grupo, imagens na galeria, etc) mas também colaborar com o povo que faz isso acontecer de verdade (aliás, estou MUITO contente porque o blog tem mantido uma média de acesso de 2000 views mensais :D) dando feedback nas imagens, e – espero eu – também ajudando na visibilidade de um monte de gente talentosa que tem aparecido aqui, comentado, postado fotos e tudo mais.

Ok, mas vou parar de me enrolar.

Convido a todos que assim desejarem, então, a participar de uma brincadeira comigo, usando o blog e o Flickr.
O blog servirá para centralizar temas, idéias, links e referências, e o Flickr será o lugar onde a parte mais divertida acontece, ok?
Como no post do Rics, vamos definir temas para diversos ensaios, e quem quiser entrar na onda, produz (monta, fotografa de qualquer jeito, o mais importante é participar mesmo) o tema e posta uma foto lá no grupo do Flickr, para todo mundo ver.
A partir disso, eu pretendo montar – caso vocês concordem – um pseudo-banco de imagens de acesso livre ao membros que participarem, pra gente ter referências variadas sobre diversos temas, e talvez, quem sabe numa dessas, para servir mesmo como mostruário de produção de cada um. Não é muito, eu sei, mas é um começo que pode aumentar um pouco mais a visibilidade de todos nós.
Naturalmente que eu não vou cobrar por isso (pretendo usar alguma ferramenta de portfolio online para isso), e que espero não ser cobrado (ou seja, vou pedir autorização de todo mundo pra colocar as fotos no portfolio quando este estiver pronto. E, caso algum trabalho entre direto de alguma fotografia, eu redireciono pra pessoa que a apresentou ao grupo.
Que acham? parece uma boa idéia?

Se gostaram, comecem aí a pensar, preparar, produzir e a fotografar um autorretrato, ok? Pra testar tanto a aceitação quanto a vontade de vocês, acho que é uma boa ideia a gente se apresentar mais formalmente. Em breve o meu também estará lá.
Para quem quiser saber um pouco mais sobre como eu penso “autorretrato”, dá uma olhada no artigo que eu escrevi para o baixaki a respeito do tema.

P.S.: Sim, eu sei que tem muita gente que não é fotógrafo profissional aqui, e alguns que nem pretendem sê-lo. Para esses, o convite ainda persiste, participem conosco! Caso queira entrar na brincadeira mas prefira não colocar seu material no portfolio, ou apenas mantê-lo no grupo do flickr, basta me avisar. A decisão de cada um é soberana sobre sua produção.

P.S.2: Para todos que forem participar, linkem a foto lá no flickr nos comentários aqui do post, ok? OBRIGAAAAADO

[EDIT] Gente, eu acho que não fui tão claro quanto esperava. Agradeço desde já a participação de quem já postou foto, mas a ideia é criar algo novo. Eu entendo a dificuldade de se fazer um autorretrato (o meu mesmo ainda ñ está do jeito que eu quero, vou reclicar essa semana q terei tempo pra isso), mas gostaria que o pessoal embarcasse um pouco mais, se possível, e fizesse fotos novas. Fotos de meses ou anos atrás não estão erradas, mas derrotam um pouco a ideia de podermos discutir como estamos produzindo hoje, sabe como?[/EDIT]

2009.setembro.1 at 4:59 pm 18 comentários

Hoje é o Dia da Fotografia! Inspire-se!

selo_inspiraHoje é dia 19 de agosto, dia mundial da fotografia! (tá, eu sei que há controvérsias, pq alguns preferem comemorar o dia mundial do fotógrafo, no dia 8 de janeiro. Eu, particularmente, vou comemorar os dois).

Para essa comemoração, teremos o primeiro sorteio no Lente Aberta!! AEEEEEE (a galera vibra!)

Explico: o pessoal do Foto na Parede lançou a idéia, e alguns blogs sobre fotografia curtiram. Ou seja, Vamos mostrar aquilo que nos inspira mais do que tudo, em termos de fotografia. Para tanto, eu vou mostrar daqui a pouquinho uma das minhas fotos favoritas, uma daquelas que me tira o fôlego toda vez que eu vejo, e que eu espero um dia alguém olhe pra uma foto minha como eu olho pra ela.

Mas, Luc, vc disse que era um sorteio!

Relógio em Paraty - Ac Espilotro

Oba! Eu quero! #Comofas pra ganhar?

A idéia é a seguinte: vocês colocam nos comentários o link para uma foto que tenha em vocês esse impacto que eu descrevi acima. Sabe aquela foto “queria ter sido eu a bater essa chapa”? Essa mesma que eu quero. Pode ser foto sua, pode ser foto de mais alguém no grupo do Lente Aberta no Flickr, pode ser foto de um ilustre desconhecido ou de alguém famoso, desde que a foto te deixe embasbacado, com vontade de fotografar mais e sonhando com o dia de ter uma foto naquele nível dentro dos seus arquivos. Sacou?
Colocar o teu comentário com o link do Flickr é o suficiente. Se você olhar direitinho, vai notar que cada comentário é numerado, certo? então, esse número vai ser a sua “inscrição” no sorteio. no dia 21 de agosto, que é quando termina a promoção, eu vou coletar todos os participantes válidos (ou seja, comentários com link para uma foto do flickr, e apenas um por pessoa) e passar a lista no random.org. O comentário que for colocado pelo sistema aleatório na posição 1 será o ganhador. Depois disso, eu encaminho para o pessoal da Foto na Parede, e eles se encarregam de montar e mandar uma impressão 25x33cm da imagem do AC Espilotro que vocês vêem ali em cima. Simples, não? então vão atrás de fotos inspiradoras no Flickr!
Pra deixar a coisa mais fácil e organizada pra quem quer ver as fotos de todo mundo, eu vou montar um tópico no grupo do Flickr juntando todas as fotos que forem linkadas aqui, ok?

Então, sem mais delongas, com vocês uma das muitas imagens que sempre me fazem pensar “Cara, um dia eu quero fotografar assim”, que me inspira a tentar chegar lá e me motiva a manter a câmera sempre por perto:

Ken Moody and Robert Sherman, 1984 - Robert Mapplethorpe

Ken Moody and Robert Sherman, 1984 - Robert Mapplethorpe


Sobre o Robert Mapplethorpe, eu não vou falar nada agora, já que logo logo espero gravar um Fotocast a respeito dele. Agora, essa foto especificamente sempre mexe comigo por um motivo muito simples. Ela é tão simples, tão singela que chega a doer. Eu sou um grande fã do trabalho desse cara, e essa imagem, pra mim, tem uma relação muito próxima com a própria personalidade dele. Eu prometo que expando no assunto quando gravar o episódio, ok?

Então é isso gente. Comentem aí, mostem-nos as imagens que te inspiram a fotografar sempre, cada dia mais e melhor. Numa dessas, você descola uma bela foto pra colocar na sua parede ;)

Também participam dessa campanha os blogs:

*Só mencionando que você pode participar em todos os blogs da campanha, mas só poderá ser premiado em um deles.

P.S.: Se, por um acaso, você – assim como eu – quer colocar uma foto que não esteja no Flickr, não tem problema, é só linkar para a foto em algum outro lugar, ok? Só por favor, nos comentários, só o link, não coloque a imagem, pra ficar mais fácil pra mim, quando eu for compilar os participantes pro sorteio. Todas as fotos linkadas aqui serão colocadas num tópico lá no grupo do Flickr (link ali em cima). Valeu!

[UPDATE] Para ver as fotos indicadas todas num mesmo lugar, sem precisar ficar clicando loucamente, chega neste tópico do grupo Lente Aberta no Flickr!

2009.agosto.19 at 12:00 am 11 comentários

[publieditorial] Workshop de fotografia de moda com Vitor Shalom em Curitiba

Então, mais uma vez o pessoal monta curso e me procura pra ajudar na divulgação. Melhor ainda que ambos foram cursos pelos quais eu me interessei. Dessa vez quem me procurou foi o Alexandre Carnieri que está ajudando a organizar o Workshop de Fotografia de Moda com o fotógrafo brasileiro radicado na Itália Vitor Shalom.

Workshop de Fotografia de Moda com Vitor Shalom

Assim como no caso do Grupo Luz, eu fui conferir o trabalho do cara antes de postar, pra não correr risco de recomendar algo que não valha a pena, então pra vocês sentirem confiança também, vejam aí algumas fotos do cara:


E o release oficial do Workshop, com as informações detalhadas:

De 08 de agosto a 06 de setembro próximos, o renomado fotógrafo brasiliense, Vitor Shalom, fará uma série de worshops em fotografia de moda pelo Brasil. Vitor, que atualmente reside em Milão, Itália, virá ao país apenas para ministrar os cursos em cinco diferentes cidades: Fortaleza, Brasília, Curitiba, Recife e Rio de Janeiro.

A idéia de ministrar os cursos surgiu a partir da demanda vinda de e-mails que o fotógrafo passou a receber semanalmente após mudar-se para Milão. Com um espaço livre na agenda, devido às férias do mercado de moda europeu, Vitor decidiu que esse seria o melhor momento.

O cronograma dos workshops foi montado a partir de bate-papos com fotógrafos e de diversos e-mails que Shalom recebe com dúvidas e dificuldades de fotógrafos que estão começando. Dúvidas e dificuldades essas com as quais o próprio fotógrafo se deparou no início de sua carreira.

Entre os temas a serem tratados nos cursos estão: a apresentação dos trabalhos do autor; o mercado de fotografia de moda no Brasil e no mundo; a desconstrução do olhar comercial (“regras” a serem quebradas); dicas de direção, iluminação, enquadramento e composição; briefing e discussão sobre fotografia de beleza; entre outros.

O Fotógrafo

Vitor começou na fotografia de forma simples – com uma câmera comum, que seus pais lhe deram quando ele tinha dez anos de idade. Passados vinte anos e milhares de cliks, Vitor hoje responde por Vitor Shalom, e é um respeitado fotógrafo de moda no Brasil. Profissionalmente, teve na fotografia publicitária seus primeiros trabalhos.

Com o tempo, começou a fazer moda. E não parou mais. Já fotografou para algumas revistas brasileiras, britânicas, italianas, polacas e norte americanas, assim como para agências de modelos em Milão, França e Brasil. Fez também catálogos para marcas brasileiras, indianas, italianas, alemãs e turcas. Além disso, já ministrou diversos worshops no Brasil, Milão e Turquia.

Após fechar alguns contratos em Milão, decidiu-se mudar para lá, onde permanece, realizando diversos trabalhos internacionais.

Serviço:

Workshop de Fotografia de Moda com Vitor Shalom

Datas e contatos:

Curitiba – 22 e 23 de Agosto
Telefone (41) 7811.4743 | email: curitiba@vitorshalom.com
Valores:

Os valores variam de acordo com as regiões. Para saber é preciso entrar em contato com os produtores de cada cidade nos e-mails e/ou telefones acima.

Além de Curitiba, o WS ainda passa por:

  • Recife – 29 e 30 de Agosto
    email: recife@vitorshalom.com
  • Rio de Janeiro – 05 e 06 de Setembro
    Telefone: (21) 7892-9662 | email: rio@vitorshalom.com

Assim como no caso do Grupo Luz, peço – por favor – que se você for participar do curso, e ficou sabendo do mesmo por aqui, avise a organização de que você viu sobre o curso aqui no Lente Aberta no momento da matrícula, ok? Isso é importante pra eles poderem medir o retorno do post (e pra mim também, pelo mesmo motivo).

2009.agosto.12 at 7:10 pm 1 comentário

A aura das plantas


Quem acompanha o Twitter deve ter percebido que hoje – 27/07/09 – teve gente impressionada com o americano que fotografa “flores elétricas” sem usar uma câmera. Eu confesso que assim que vi as fotos pensei “tá, isso é kirlian”. Quando fui destilar toda minha sabedoria ao receber esse link pela quarta vez, resolvi ler a matéria além de ver as fotos. Aí estava lá a citação ao russo Semyon Kirlian.
A técnica que o americano Robert Buelteman usa nas suas flores foi desenvolvida por esse cara, quando contruiu sua Camera Kirlian (e não, não tem nada a ver com a banda italiana de darkwave).
Toda a idéia de Kirlian era “fotografar a aura” das pessoas, inclusive como método de diagnóstico de problemas de saúde. É colega, o cara acreditava q ao te dar um choque tão intenso que a eletricidade ia correr pela sua pele, ao invés de te atravessar (característica das descargas corona), ele podia ver onde no seu corpo estavam as razões de sua saúde fraca.
Obviamente, a idéia como um todo é controversa, porém existe uma tentativa de explicar isso usando folhas. Fazendo a foto kirlian de uma folha, com o passar do tempo a “aura” percebida nas imagens vai ficando mais fraca. defensores da tese dizem que a aura da folha estaria regredindo, enquanto opositores dizem que folhas perdem água. por mim, ambas colam. Mesmo que a imagem kirlian não seja o retrato da aura vital da folha, certeza que esta diminui com o tempo, depois de separar a folha da árvore. E também, as folhas perdem água enquanto morrem.
Mesmo assim, o que vale aqui é perceber que fotografia tem N outras maneiras de ser feitas, além daquela dSLR fodástica que a maioria acha que precisa.
Cheguem no link original da BBC para conferir mais imagens das flores elétricas.

2009.julho.27 at 7:55 pm 2 comentários

[Publieditorial] Pros Curitibanos se expressarem

Pois então gente! mais um post que “gente grande” pediu pra eu fazer. E, nesse caso, não é curso, e sim concurso! [também ressaltando q ñ houve pagamento, ou coisas assim. a troca aqui foi mais na ordem de whuffies mesmo]
A Oi (aquela empresa de telefonia que tem as propagandas quebrando algemas e tal, saca?) tem um projeto bacana sobre a cultura e arte urbana, que agora dia 19/07 – sim, o tempo urge meu caro! – encerra inscrições de projetos para a edição de Curitiba.
O Nome do projeto é Oi Expressões.
oiexpressoes

Depois o projeto vai rodar outras cidades (Brasília e Porto Alegra, pra ser exato), mas aqui em CWB a parada rola assim:
Quem produz arte (dança, música, graffitti, fotografia, pintura, literatura, escultura ou o que seja) tem a oportunidade de, caso selecionado, entrar numa mega exposição que acontecerá em alguns pontos da cidade. No caso, o Parque São Lourenço, as Ruínas do São Francisco (também conhecidas por Ruínas do Largo) e na praça 29 de março. Em cada um desses lugares, bandas estarão se apresentando, obras estarão expostas e por aí vai. E não é só gente tosca não! Tem uma pá de gente legal (ou pelo menos conhecida) se colocando pra participar, como o Tom Lisboa e a Nicole Lima, o Ruído/MM, o Lendário Chucrobillyman e mais uma galera. Quem quiser conferir, no site você encontra a agenda dos eventos.

Para se cadastrar, é só passar lá no site mesmo, fazer um cadastrinho básico, escolher qual é o material que tu quer publicar e torcer pra curadoria do projeto gostar do teu material. Com isso, você pode ser escolhido a se apresentar ao vivo (ou expor, dependendo do que tu faz) no dia do evento.
Só uma ressalva que cabe aqui: Como o povo normalmente não lê regulamento de nada, já aviso que se tu publicar algum material no site do Oi Expressões, você estará dando à empresa direito de utilizar esse material da forma como ela quiser, pelo período que ela bem entender, sem precisar te pagar nada por isso. O Regulamento não deixa explícito a questão do crédito ao autor, então atenção gente, o que você colocar lá, pode e provavelmente será usado independente do que você espera desse material. Escolha com carinho e cuidado.

Com o cadastro feito, e sua expressão publicada, você só precisa esperar que o pessoal da Oi entre em contato contigo.

Boa sorte, a gente se vê por lá.

2009.julho.13 at 6:48 pm Deixe um comentário

[Publieditorial] Sobre a importância de se pensar antes de se fazer

Pois bem, quem me conhece sabe que eu tenho lá meus preconceitos com o Photoshop. Não nego a utilidade, e em alguns casos a necessidade, da manipulação, mas também tenho meu lado purista-sempre-fotografei-com-filme-e-não-quero-nem-saber. Só que o mercado exige, e eu confesso que sim, tenho deixado meu preconceito de lado e estudado o tal “Salvo até a Suzana Vieira”. Faz parte…

Então eu recebi no meu email o comunicado sobre o curso Imagens Híbridas, do Grupo Luz de Ribeirão Preto. Até aí, normal, minha caixa de entrada é lotada de emails de cursos. A diferença, neste caso, é que o curso me foi recomendado por várias pessoas, em listas de discussão ou diretamente, por que graças ao Brasílio Wille e o próprio Grupo Luz, o curso acontecerá em Curitiba. Chance interessante de aprofundar esse negócio de Photoshop que está me fazendo falta, né.
Explico:
Normalmente, quando a geral fala de photoshop, manda um sem-vergonha de um “ah, dá pra consertar no PS”. E isso é o que mais me irrita sobre a prática da manipulação. Afinal de contas, eu estudei horrores, por muito tempo, pra fazer a foto o mais perfeita possível direto na câmera! Se eu quisesse uma foto qualquer pra tratar, não precisava ser fotógrafo, correto? Só que, ao mesmo tempo, é praticamente impossível você conseguir fazer uma foto como essa aí embaixo (não levando em conta a infinidade de outras fotos que são inviáveis de se fazer sem manipulação, nem q seja por custo de produção) sem passar no PS, concorda?
Foto após tratamento e manipulação
Pois é, o tal curso de Imagens Híbridas que Leonardo e Kauê Luz estarão ministrando no Solar do Rosário nos dias 3, 4 e 5 de julho vai exatamente de encontro a isso. Segundo o release deles (já que eu ainda não fiz o curso, mas estarei lá mês que vem), o propósito é pensar a imagem final, já tratada, a partir de fotos bem feitas, produzidas corretamente e tudo mais, justamente pra facilitar a montagem do efeito pretendido ao final do processo. Para entender melhor, eles mesmos me enviaram as fotos usadas pra compor a imagem acima, olha só:
A Modelo
O Cenário
O Fundo
Tá certo, tem mais algumas fotos que foram usadas, mas essas três já dão uma boa idéia do que eles estão fazendo, certo?

A princípio, dá pra fazer isso com fotos “quaisquer” (aspas BEEEEM grandes aqui, ok?) mas, pra quem se considera um profissional de fotografia, e pra quem pretende chegar lá um dia, é no mínimo justo reconhecer que, fazer e fazer direito são duas coisas bem diferentes, concordam?

Então tá aí. #Ficadica pra todo mundo que tiver condições, de participar do Curso de Imagens Híbridas do Grupo Luz, de Ribeirão Preto. O release oficial e o serviço do curso tão logo aí embaixo:

O curso tem a duração de 16 horas, apresenta novos recursos, novas técnicas e as novas ferramentas da versão CS4 com dinamismo e diversão, utilizando experiências reais com modelos, produtos e muita imaginação.
Levando as últimas novidades do photoshop, trazidas de Las Vegas e as tendências do Photoshop Conference, realizado em São Paulo, apresentadas pela dupla: Leonardo Luz (fotógrafo publicitário) e Kauê Luz (especialista em imagem).
O curso é voltado para fotografos, diretores de arte, designers e profissionais ou estudantes de comunicação.

E o servico completo:
Horário do curso
03/07, 6ª feira das 17h às 22h
04/07, sábado das 8h às 18h
05/07, domingo das 8h às 18h

Local: Solar do Rosário
Duque de Caxias, 04 - Centro Histórico
Curitiba, PR

Valor individual: R$ 490,00
Valor promocional até dia 22/06: R$ 430,00
* desconto para grupos acima de 4 pessoas

Contato: curso@grupoluz.com.br (16) 3966-1617

P.S.: Se você se inscrever no curso, e ficou sabendo dele (ou já ia se inscrever de qualquer jeito, mas viu este post, se convenceu de que vale a pena e não se importa em me dar uma mãozinha) via Lente Aberta, eu peço encarecidamente que, no ato de sua inscrição, você comunique isso à pessoa que estiver do outro lado da mesa/linha, pra podermos controlar o resultado deste post. Sim, esta postagem é um publieditorial, também conhecido por “post-pago”, o que significa que o pessoal do grupo Luz entrou em contato comigo para ajudar a divulgar o curso. E, em troca dessa divulgação eu receberei compensações financeiras. Espero que entendam que isso é algo muito bom, na verdade, pois é uma medida do reconhecimento ao meu trabalho aqui no blog, e principalmente isso significa que, se mais gente resolver entrar em contato comigo dessa forma, eu terei mais condições de manter o blog sempre atualizado e sempre com a qualidade de material que motivou o Grupo Luz a fechar essa parceria comigo agora.

P.S.2: É importante frisar que tirando as imagens, a ficha técnica e o serviço a respeito do curso, nada mais do material aqui é de autoria do Grupo Luz. Ou seja, isso é de fato minha opinião, e foi uma feliz coincidência eles terem me procurado, porque eu já estava vendo maneiras de participar do curso.

2009.junho.10 at 8:22 pm 3 comentários

Photo Image Brazil 2009

photoimagebrazil
Salve salve! Só anunciando que a Photo Image Brazil 2009, a maior feira do mercado fotográfico no país (talvez da américa latina?) vai rolar de 11 a 13 de agosto em São Paulo, no Centro de Convenções Imigrantes. O cadastro lá no site já está aberto e eu recomendo muito a todo mundo que puder aparecer por lá.

Já de partida, (e cedo, às 8h15min da manhã) o evento conta com o Marcus Bell, do Studio Impressions da Austrália explorando tendências e tecnologias da fotografia de casamento. Como casamento não é minha praia, penso que ou vai reforçar o Trash the Dress ou inventa mais alguma moda desse tipo. (deixando bem claro q eu acho trash the dress uma coisa bacana e com resultados BEM mais legais que fotografar noivas na Praça do Japão. A tarde deste dia parece que será dedicada às relações sociais e comerciais do fotógrafo, com painéis de Everton Rosa e Fabrício Bolfarini, da Lux Produção.

O segundo dia tem dois momentos também. Começa com “O” Mark Seliger falando sobre a fotografia das celebridades, passa para conversas sobre impressão digital (coisa de gráfica gente, nada a ver com seus dedinhos) nos mercados europeu e americano, com Rainer Bauer e George Uenishi, respectivamente… E voltamos para o primeiro momento – de certa forma – com o Marcio Scavone mandando bala em retrato de estúdio (essa eu ñ perco por nada no mundo, ok?).

Claaaaro que um evento desses tem que fechar com chave de ouro, e com outra sessão imperdível. Assim sendo, nada melhor que passar a manhã do dia 13 de olho no Bob Wolfenson (ainda mais imperdível que o Scavone, fala sério?). Como só isso não basta, ainda passaremos a tarde com o trio Seliger, Scavone e Wolfenson numa “Jam Session especial”, trocando figurinhas com esses caras que quase ninguém sabe quem são mesmo.

Antes que pensem, eu não recebi um centavo pra fazer esse post (quem me dera eu conseguisse), mas já fiz meu cadastro na feira (você pode fazer o seu na área Visitante do site da feira), e farei a cobertura de TUDO (ou o máximo que eu conseguir) pra mostrar pra vocês que não puderem estar lá, e juro que vou tentar gravar alguma coisa do #fotocast com os poderosos que eu encontrar por lá. Você vai? Avisa aí nos comentários ou no email do blog pra gente marcar de trocar uma idéia no evento, ou pelo menos pra gente não almoçar desacompanhado.

Te vejo lá!

2009.maio.19 at 2:11 pm 3 comentários

Posts mais antigos


Bem-vindo ao espaço Lente Aberta, onde você encontrará informação, conteúdo e – volta e meia – algo que não presta tanto assim sobre o mundo da fotografia. Dúvidas, sugestões e esse tipo de coisa você pode colocar nos comentários em cada post, ou então mandar para lenteaberta@gmail.com.

PodPesquisa 2009

O Lente Aberta também participa da PodPesquisa 2009! Se você acompanha o Fotocast, passa lá e responde o questionário, por favor. Isso é importante para nós podcasters, pois queremos conhecer melhor o perfil do ouvinte para podermos melhorar a qualidade dos nossos programas cada vez mais. Obrigado! Pod Pesquisa

Flickr Lente Aberta

Tem alguém dormindo com a girafa

Fim de tarde na praia

Criança

Principio

Mais fotos

mais acessados

  • Nenhum

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.